Federação Catarinense de Handebol















 










 


Fechar [ X ]
Aguarde...

 
Nº Visitantes: 2178956
Contatos  
 

LINKS ÚTEIS

Escola Nacional de Esportes
CBHb
IHF
Fesporte
CED/SC
TJD/SC
Mapa de Distâncias/SC
Confira o Tempo - INMET
 
 

RECADOS

 
Eduardo Lustriano
INDAIAL - SC
23/08/2018 09:40:34
Bom dia, gostaria de voltar a jogar Handebol joguei durante 7 anos logo o time da cidade encerrou as atividades e desde lá não jogo mais, tenho 18 anos ...


 
 
 

NOTICIAS

ESPETACULAR - BRASIL DERROTA FRANÇA


Data / Hora:  07/12/2011 08:11:26
Fonte:  EDER MARTINS
  Clique na imagem para ampliar

Brasil arranca virada histórica da França no Mundial Feminino de Handebol

Embalada por Chana e pela torcida, Seleção reage e tira sete gols de diferença

São Paulo (SP) - Com dois tempos completamente diferentes, a Seleção Brasileira conquistou virada histórica contra a França hoje (5) no Mundial Feminino de Handebol, no Ibirapuera, e provou que pode, sim, brigar pelo título com as melhores do mundo. Depois de terminar o primeiro tempo sete pontos atrás (17 a 10), as anfitriãs, empurradas pela torcida, venceram por 26 a 22. Chana, goleira do Brasil, foi o destaque do duelo, que garantiu o Brasil nas oitavas de final por antecipação.

Com muitos erros de finalização e defesa desorganizada, nem o técnico do Brasil, Morten Soubak, acreditava na virada depois do primeiro tempo. "Eu não esperava conseguir, nem elas. A palavra no vestiário foi que seria muito difícil, mas que iríamos tentar", revelou. Mérito para o treinador que, com uma mudança tática, fortaleceu o sistema defensivo e fez as anfitriãs voltarem com outra cara para a quadra.

No segundo tempo, a França não jogou. A Seleção cresceu e, com muita garra, desestabilizou as adversárias. Quem brilhou, e muito, foi a goleira brasileira Chana. Em um momento crucial do jogo, quando o Brasil já havia diminuído a diferença para dois gols, a veterana emendou sequência de defesas espetaculares, de todos os jeitos possíveis, inclusive em um lance de sete metros a três minutos do fim. E também contou com a ajuda da trave.

Decisiva, a pivô Dani Piedade fez o gol de empate (21 a 21) e o da virada. A partir daí, a equipe ampliou a vantagem. A um minuto do apito final, Morten pediu tempo técnico, e Chana não conteve as lágrimas. Ela olhou para o placar como se não acreditasse no que estava vendo: 26 a 22 e a confirmação do triunfo.

"Gritei e vibrei muito a cada defesa. Preciso ser assim, vibrante. Esse foi o jogo mais importante para mim até hoje em um Campeonato Mundial. Foi maravilhoso ganhar de uma favorita como a França. Isso nos dá muita moral e mostra que queremos ir muito além do sétimo lugar conquistado em 2005 (na Rússia, melhor colocação do Brasil na competição)", destacou Chana. "Mas precisamos ser realistas. Não podemos errar como no primeiro tempo, ficando sete gols atrás. Só buscamos a diferença porque somos brasileiras e acreditamos no impossível", completou.

Morten elogiou sua equipe, mas aproveitou para alertar sobre os próximos confrontos. "Foram os melhores 30 minutos dessa Seleção sob o meu comando. Mas precisamos ter os pés no chão. Na quinta (8), temos a Romênia, terceira colocada no Europeu de 2010. Será outra pedreira. E na sexta (9), a Tunísia, que vem jogando muito bem e surpreendendo a todos."

Como não poderia ser diferente, Chana foi eleita a melhor jogadora. Já classificada para as oitavas de final, com três vitórias, a Seleção tem folga na tabela amanhã, como todo o Grupo C, e pega as romenas na quinta às 19h45. O dia, no Ibirapuera, terá também os confrontos entre Japão e Tunísia, às 15h, e França e Cuba, às 17h15.

Pelo Grupo A, em Santos, a Alemanha bateu a China por 23 a 22 (7 a 12 no primeiro tempo). No B, em Barueri, a Espanha bateu a Coreia Coreia do Sul por 29 a 26 (13 a 12). Já pelo Grupo D, em São Bernardo, Costa do Marfim derrotou a Argentina por 25 a 19 (14 a 8).

 
OUTRAS NOTÍCIAS
 

PARCEIROS

MASCOTINHA
361
 
 

NEWS LETTER

 
Cadastre-se e receba nossas notícias semanalmente em seu email.
Nome:
Email:
 
 
 
 
  [indique-nos] [comunicar erros]  
FEDERAÇÃO CATARINENSE DE HANDEBOL - FCHb
Rua: Julio Boppré, 2326
Tubarão/SC - Oficinas - 88.702-360
E-mail: fchb@fchb.com.br - Novo Telefone: (48)9624.1068
Desenvolvimento de Sites